Rádio JOVEM PAN

88.5. Jovem Pan Três Lagoas

Ouvir

Ana Clara adiciona pop ao samba em "Página Marcada"

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Ana Clara e Thiago Arancam participam do Pânico; veja fotos

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Confira aqui as imagens do programa!

Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!
Confira aqui as imagens do programa!

A cantora Ana Clara quer dar uma nova cara para o samba, inserindo tons de pop no estilo musical. Crescendo no meio de violinos e pianos, a jovem de 24 anos decidiu se arriscar no estilo consagrado totalmente brasileiro desde a adolescência. Em entrevista ao Pânico desta quarta-feira (5), a artista falou sobre a sua carreira e divulgou a faixa “Página Marcada”, que chegará com o EP “A Gente Sempre Ganha”.

“Eu sou do samba. Lá em Santa Catarina chove de tudo um pouco. Não é um samba Alcione, tanto que esse trabalho tem uma cara nova. Tive a felicidade de gravar com pessoas que sempre fui muito fã e tive referência, esse novo trabalho vem justamente parra isso. O samba precisa de uma nova sonoridade, fiz um samba mais pop”, contou.

Após fazer 18 anos, a catarinense decidiu viver de música e veio para São Paulo para abranger o seu mercado. Ela confessou que achou que seria mais fácil, mas a capital paulista ainda dá mais oportunidades do que em sua terra natal.

“Eu comecei a trabalhar com 14 anos com música. Não sei nem como meus pais deixavam eu sair para casa de shows. As pessoas sempre me ajudaram por lá. Com 18 quando eu estava decidindo em fazer faculdade, meu pai me perguntou se eu queria apostar na música. Aí decidi fazer isso e vim para São Paulo. Achei que fosse mais fácil, mas aqui é um grande centro. Tem muita gente incrível”, acrescentou.

Tags da Pan

Comentários